Bolos de Amor.

Bolos de Amor...
Como historiadora da alimentação com os dois pés na cozinha adoro fazer as receitas com as quais trabalho e pesquiso. Determinada estou na empreitada de fazer todos os bolos e doces do livro Dicionário do Doceiro Brasileiro, obra publicada pela terceira vez no Brasil em 1892, o livro é de autoria do Dr. Antonio José de Souza Rego e trazia como informa a obra "milhares de receitas, pela maior parte novas, de doces de todas as qualidades, obra de maior utilidade até hoje conhecida e dedicada especialmente às mãis de familias".¹
Daquiloquesecome.blogspot.com
Bolos de Amor, 1892.
 Assim, o livro é repleto de receitas que marcam um momento especifico da história do país, com largo uso do açúcar e ao mesmo tempo com receitas que tinham influências na Europa, o livro ressalta também, os tipos de doces que compunham a mesa de determinadas famílias em fins do século XIX. O Bolos de Amor é uma receita tão saborosa e que de tão linda aguça também os olhos!
 Confesso que ando um pouco abusada da mania dos dias de hoje, que as docerias tem por base ao fazerem qualquer doce a tendência é "empanturra" de chocolate, às vezes, queremos apenas comer um bolo simples, saboroso, sem coberturas muito açucaradas e acima de tudo com aquele gostinho de casa de vó, com essa receita você consegue suprir essa carência. 


Ingredientes.
500 gramas de açúcar.
8 ovos.
125 gramas de manteiga.
500 gramas de farinha de trigo.

Modo de Fazer: 
  1. Batem-se muito bem o açúcar e os ovos, até levantar bolha. Acrescente, 125 gramas de manteiga e bata muito bem. 
  2. Acrescente a farinha de trigo peneirada e leve ao forno em forma untada com manteiga, por cerca de 30 minutos. 
  Gente, fica muito bom, só de olhar... já fico com água na boca. Uma verdadeira delícia! 
E você está esperando o quê para fazer? Os ingredientes é possível que você tenha aí na sua despensa...Não esquece de passar por aqui depois pra dizer o que achou do bolos de amor!

Até o próximo prato!

¹REGO, Antonio José de Souza. Dicionário do doceiro brasileiro. organização de Raul Lody. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2010. 


Comentários

Postagens mais visitadas