Mais uma postagem de nossa correspondente especial do Chile: Nádia Cortez Brasil.

Olá, leitores!
Fomos presenteados com mais uma super postagem made in Chile! E desde já gostaria muito de agradecer minha amiga Nádia por compartilhar conosco sua experiência de sabores do Chile.

Aqui vai então!

                                                  “The Clinic, o Bar” 
Muitos são os lugares imperdíveis em Santiago do Chile, para todos os gostos e bolsos, mas talvez nenhum tão inusitado, agradável e bem humorado. O The Clinic é a versão  gastronômica de um tablóide que satiriza o cotidiano político do país, nos moldes do nosso Pasquim e o nome é uma referência à clinica em que Pinochet ficou preso em Londres.


O encontramos meio por acaso, batendo pernas pelo Barrio Lastarria-Bella Vista. A caminho da Estação de Metrô Bellas-Artes, várias vezes já havíamos passado durante o dia pelo prédio fechado, que chamou a atenção por me fazer lembrar uma obra de Gaudi. Contudo, só percebemos ser um Bar, ao passarmos à noite e vermos a movimentação na entrada, o que nos fez entrar e conferir.
( Presidente Sebastião Piñera é o maior alvo do humor ácido do The Clinic)
Que surpresa! Um longo corredor coberto de manchetes do Jornal The Clinic nos levou a vários ambientes, cheios de muita gente e com uma decoração que faz jus ao caráter anarquista do jornal. Cada detalhe chama atenção: a luminária revestida de calcinhas e sutiãs, frases que satirizam a esquerda e a direita, poemas, recortes do jornal que forram as paredes, a lousa na entrada com a frase do dia. No banheiro feminino, cheio de pichações que fazem referência à sexualidade feminina, tem uma máquina que vende camisinha, semelhante a uma máquina de refrigerante.
(detalhe das luminárias)


Mais surpresas nos aguardavam, apesar da atmosfera anarco-irreverente, o atendimento é de primeira e um garçom muito atencioso nos trouxe a “carta”, em forma de jornal e com uma boa variedade de pratos, “tapas” e bebidas.

 
Sem querer nos arriscar muito, eu pedi um Lomo Saltado, prato típico do Peru, mas comum também na Argentina e Chile. O prato é feito de tiras de filé, “saltado” no azeite, regado com molho de soja, temperado com tiras de pimentão, cebola roxa, tomate, batatas fritas, salsa e pimenta. Serve-se acompanhado de arroz branco.  Foi o melhor Lomo Saltado que já comi na vida! Tudo na medida, o toque da pimenta, o filé no ponto de desmanchar na boca, os legumes bem durinhos e as batatas bem sequinhas.



O cardápio tem também sanduíches bem elaborados e Fernando pediu o Borghi, um “sangurucho” gigante, que dá para duas pessoas, feito com filé ao ponto, ovo e cebola, acompanhado de batatas fritas.  Regado com um chopp bem gelado!

Não voltamos ao The Clinic, pois no dia seguinte embarcamos para o Sul do Chile, mas se pudéssemos seria um lugar que voltaríamos muitas vezes, pela atmosfera do lugar, pela qualidade da comida e do atendimento, sem contar os preços justos. Cada momento e cada peso gasto lá valeu a pena!
Da correspondente do Blog no Chile:
Nádia Cortez Brasil

Comentários

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, participe, você também faz o blog...

Postagens mais visitadas