Um pouco do Rio Oitocentista na visão do viajante Kidder

Olá, leitores!
           Hoje vou trazer um pouco da visão do viajante Kidder, sobre o Rio de Janeiro oitocentista: "Desde manhã cedo (...) as damas vão para as janelas (...) esperar o leiteiro e as quitandeiras. O primeiro traz o leite, num veículo de novo aspecto (...) A vaca é o carro de leite (...) uma escrava desce com uma garrafa e recebe certa porção do liquido alimentício (...)". Rio de Janeiro 1851/1853.
           E tal pratica não ocorria apenas no Rio de Janeiro, aqui em Belém também era hábito costumeiro os leiteiros venderem o leite de porta em porta diretamente da vaca! Fico imaginando como eu gostaria de ver tal cena, imagine comprar o leite fresquinho diretamente da vaca...
Esta citação do viajante Kidder foi extraído do cd-room Alimentação usos e costumes; do Fichário Ernani Bruni. Uma publicação do  Museu da Casa Brasileira de São Paulo.

Até o próximo prato!

Comentários

Postagens mais visitadas