Pular para o conteúdo principal

Destaques

Bolo de Macaxeira

Quem não ama um bolo? E quando este bolo tem gostinho de mês junino?  A receita de hoje é sobre o bolo de macaxeira, tão famoso no Norte de Brasil, que é tema de contos e e das conversas ao pé da porta nas tardes quentes do século XIX.  O bolo de Macaxeira, que inclusive virou tema de um conto do escritor Jacques Flores. Coo não lembrar do conto intitulado O Bolo de NATAL da Família Malagueta? Ora, aqui a cena principal era um bolo de macaxeira feito pelas personagens Tereza Malagueta, a Tete, e sua prima Felismina do Rosário, a Filóca, que haviam feito um bolo de macaxeira para o Natal da família e seu aborrecimento ao notarem que o bolo "estava com gosto de querosene".¹ Pior ficaram quando notaram que a culpa de tudo era de Pulchéria que "lixara a forma de bolo e, para melhor ficar a limpeza, untou-a de querosene, esuqecendo-se porém, de tirar o inflamável líquido com uma forte lavagem de sabão".² As primas então, resolveram convidar as "inimigas"para …

Você sabia?

Olá, leitores!
Que no século XVI, na Europa, existiam basicamente duas refeições importantes: jantar e a ceia?
O jantar ocorria por volta das 10 ou 11 horas e a ceia entre 18 e 19 horas! (Eu terei morrido de fome, se tivesse vivido nessa época...)
Segundo a pesquisadora portuguesa Isabel Braga a tendencia para se jantar mais tarde levou a criação do almoço ao levantar e de um lanchinho a tarde...Todavia, essas refeições não eram comuns.
Nas palavras da autora: "Por exemplo, entre os colegiais de Coimbra, o almoço era só para os mais fracos, os menores e os enfermos, e consistia em meio pão e um pouco de vinho". In: BRAGA, Isabel M. R. Sabores do Brasil em Portugal: descobrir e transformar novos alimentos (séc XVI-XXI). São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2010. p. 111.

Até o próximo prato de curiosidades!

Comentários

  1. Eu teria morrido junto contigo de fome. Deus nos livre de viver nessa época.

    ResponderExcluir
  2. Jô...tudo bem!? Quanto tempo,o blog estava com saudade de suas visitas...Não é possível viver com duas refeições, não é!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, participe, você também faz o blog...

As receitas populares