"Milho em sacas de 2 alqueires do Maranhão..."

Olá, leitores! Vamos voltar no tempo? Vamos para o ano de 1852?!
O ano era 1852, mas precisamente 15 de maio, na página de anúncio do Jornal Paraense "O Monarchista Paraense" (Jornal político e Literário); o senhor Folgencio Joze Pinto, cujo estabelecimento ficava de fronte do armazém dos senhores Cunha Lamarão e Companhia oferecia aos seus fregueses:" completo sortimento de charutos da Bahia, milho em sacas de 2 alqueires de Maranhão a 3$600 rs. por arroba; e ainda menos alguma couza a quem comprar de 5 arrobas para sima; assim mais vende sardinhas em latas mui bem conservadas, ultimamente chegadas de Nantes= tabaco do sertão superior qualidade, azeitonas em barris de 5 ancoretas, que tudo se vende mediante pouco dinheiro". 
Fonte: Jornal Monarchista Paraense. 15 de maio de 1852. Pará. Fiz a transcrição do documento com a ortografia da época. 

Comentários

Postagens mais visitadas