Bebê Gourmet...

Olá, leitores!
Hoje minha postagem será enfatizando meu lado mãe... o melhor de todos!!!
Toda mãe e pai sabem que a partir do momento que aquele serzinho começa a crescer tudo muda... agora os pensamentos e atitudes giram em torno desse serzinho que ainda não chegou ao mundo, mas, já é fonte de inspiração...
Minha princesinha Persa, foi muito desejada e amada, mesmo antes de se quer existir. Quando descobrir que estava grávida, foi a maior alegria de todas! E essa alegria andava de mãos dadas com todas as preocupações sobre como iria ser, como deveríamos agir, como eu iria ensina-la e por aí vai... Muitas dúvidas e somente uma certeza... Ela seria muito amada, aliás já era.
Lembro que comecei a comprar revistas a procurar na internet e por todas as informações sobre bebês. Um das minhas preocupações sempre foi quanto a alimentação, meu desejo é que minha filha seja um bebê gourmet, que goste dos mais variados sabores e da forma mais saudável possível. Que tenha a curiosidade de provar pratos variados. Então comecei a saga...mesmo antes dela nascer eu já tinha muito claro que eu cozinharia todos os dias para ela e a medida que a idade permitisse iria introduzir uma receita nova e um paladar diferente. Estamos com ótimos resultados, minha filha come de tudo... a coisa mais fofa do mundo é vê-la pegar um pedacinho de cenoura e colocar na boca muito animada.
Minha filha adora: macarrão com frango e grão-de-bico.

 Aqui em casa seguimos todas as dicas da pediatra, até hoje ela tem uma alimentação muito saudável, a pediatra diz que vamos postegar ao máximo a introdução de alimentos não saudáveis, ela come muita fruta, suco sem açúcar, já come pratos mais elaborados como um risotinho de manga que eu faço adaptado para a sua idade. Um dica importante obtive em uma reportagem na revista Cláudia Bebê em que uma pediatra do Hospital São Luís, em São Paulo, informava que quando a criança "rejeita-se" um alimento, os pais deveriam tentar outras 9 vezes, ou seja, antes de dizer que ela não gosta de tal coisa por que rejeitou uma vez, você deve oferecer ao bebê outras 9 vezes. E gente funciona.... na primeira vez que eu ofereci beterraba a minha filha ela recusou, passados três vezes oferecidos, ela adoraaaaaa.
Que tal um franguinho desfiado bem temperadinho acompanhado de um arroz com lentilha.

A dica as mamães e papais se resume no seguinte: Postegar ao máximo a introdução de alimentos não saudáveis ao seu bebê, lembre que ele não conhece a diferença entre uma beterraba e um sorvete, você somente você é responsável por criar hábitos saudáveis em seu filho; Faça com ele veja que vocês também gostam de legumes e frutas; Mostre os ingredientes que você vai prepara para o bebê, contando a importância deles para ele crescer forte e saudável, ele apesar de pequeno vai se familiarizando com os alimentos; sempre que possível faça um prato diferente e aos poucos vá acrescentando novos sabores, sempre com a orientação da pediatra, é claro! Aqui em casa tem dado muito certo!
E que tal um macarrão com frango e purê de abóbora?

Até o próximo prato!

Comentários

Postagens mais visitadas