Você sabia?


No século XIX, em Belém, era comum a importação de frutas e queijos, os quais, constituíam um artigo de luxo sendo inclusive, um tipo de mimo que poderiam ser presenteados nas festas de Natal, os quais vinham em caixas bonitas que completavam a riqueza do presente, para tanto em 1891 na Mercearia Amazonia tinha para vender para as festas de Natal, lindas caixinhas de frutas cristalizadas, mimosos bouquets de amêndoas e passas em caixinha de papelão.  Também em 1891, na Casa de Riscas de D. J. Antunes na rua Santo Antônio, havia para a venda também de Natal e Ano Novo “Fructas crystalisadas em vidros e  queijo da Serra da Estrella, passa e figos infeitados, broas do Natal e Queijadas de Cintra, nozes amêndoas, castanhas e muitas outras novidades”. Além das frutas havia também o queijo da Serra da Estrela e a queijada de Cintra que ao lado de caixinhas e presépios de Natal compunham a lista de presentes.[1]


[1]  Anúncios encontrados In: Diário de Noticias. Em 01 de janeiro de 1891. p. 4. Col 1.

Comentários

  1. Olá Sidiana! Adorei o seu blog...falar de comida e ainda contar a história meu coração bateu forte, perfeito! Sou prima da Nádia Brasil e descobri seu Blog através do Facebook dela. Comecei um Blog tb a duas semanas...depois de uma passadinha por lá.
    Alessandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alessandra! Que bom que você gostou do blog! Vou já dar uma olhadinha em teu blog!

      Excluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, participe, você também faz o blog...

Postagens mais visitadas