Pular para o conteúdo principal

Destaques

Bolo de Macaxeira

Quem não ama um bolo? E quando este bolo tem gostinho de mês junino?  A receita de hoje é sobre o bolo de macaxeira, tão famoso no Norte de Brasil, que é tema de contos e e das conversas ao pé da porta nas tardes quentes do século XIX.  O bolo de Macaxeira, que inclusive virou tema de um conto do escritor Jacques Flores. Coo não lembrar do conto intitulado O Bolo de NATAL da Família Malagueta? Ora, aqui a cena principal era um bolo de macaxeira feito pelas personagens Tereza Malagueta, a Tete, e sua prima Felismina do Rosário, a Filóca, que haviam feito um bolo de macaxeira para o Natal da família e seu aborrecimento ao notarem que o bolo "estava com gosto de querosene".¹ Pior ficaram quando notaram que a culpa de tudo era de Pulchéria que "lixara a forma de bolo e, para melhor ficar a limpeza, untou-a de querosene, esuqecendo-se porém, de tirar o inflamável líquido com uma forte lavagem de sabão".² As primas então, resolveram convidar as "inimigas"para …

Pirarucu de casaca.

Gente, boa noite!
Aqui no Norte do Brasil, existe um peixe que é típico, chama pirarucu, é uma peixe imenso que tanto fresco como salgado, sempre foi largamente consumido por aqui. É realmente uma delícia!
No século XIX, era juntamente com a carne seca e a farinha a base alimentar das pessoas. Em especial, as de menor poder aquisitivo. Já na entrada do século XX, em especial pela década de 20, com o movimento de valorização dos hábitos regionais, ele foi ganhando juntamente com outros alimentos como tucupi,  jambu e outros maior destaque na cozinha regional. Hoje, é um peixe de valor econômico elevado, ganhou destaque regional e é utilizado nos melhores restaurantes de Belém. 
Trago aqui a receita pra vocês do pirarucu de casaca, uma das formas de consumo deste peixe.
Faça assim:
Cozinhe o pirarucu com os temperos.
Desfie e refogue com cebola, tomate, cheiro - verde,  chicória, azeitonas e óleo.
Quando estiver bem refogado, acrescente uma boa farinha de mandioca  e vá mexendo em fogo baixo, por alguns minutos, até a farinha ficar torradinha. Sirva! 

Até o próximo prato!

Comentários

As receitas populares