Pular para o conteúdo principal

Destaques

Bolo de Macaxeira

Quem não ama um bolo? E quando este bolo tem gostinho de mês junino?  A receita de hoje é sobre o bolo de macaxeira, tão famoso no Norte de Brasil, que é tema de contos e e das conversas ao pé da porta nas tardes quentes do século XIX.  O bolo de Macaxeira, que inclusive virou tema de um conto do escritor Jacques Flores. Coo não lembrar do conto intitulado O Bolo de NATAL da Família Malagueta? Ora, aqui a cena principal era um bolo de macaxeira feito pelas personagens Tereza Malagueta, a Tete, e sua prima Felismina do Rosário, a Filóca, que haviam feito um bolo de macaxeira para o Natal da família e seu aborrecimento ao notarem que o bolo "estava com gosto de querosene".¹ Pior ficaram quando notaram que a culpa de tudo era de Pulchéria que "lixara a forma de bolo e, para melhor ficar a limpeza, untou-a de querosene, esuqecendo-se porém, de tirar o inflamável líquido com uma forte lavagem de sabão".² As primas então, resolveram convidar as "inimigas"para …

São Luís: Restaurante Cabana do Sol.

Olá, leitores!
Estava sumida pois o Daquilo que se come, estava em terras maranhenses, como antecipei no face e no insta. Agora trago aos meus leitores do blog, algumas dicas sobre locais de saborear uma boa comida por lá. Como de costume montei uma lista de locais recomendados para experimentar as comidinhas. O primeiro deles foi o Restaurante Cabana do Sol, localizado na Av. Litorânea, em Calhau. Nós ficamos num hotel nesta Avenida e quando eu perguntei a recepcionista onde ficava ela me informou que era perto uns 200 m. Então lá fomos nós. Desde já digo que amei!
O ambiente é muito charmoso, apresenta salão climatizado, fraldário (fiquei muito feliz com isso!), ambiente aconchegante e o atendimento foi nota 10. Um ponto que me ganhou foi quando eu pedi pra fazerem uma porção de batata cozida, não tinha no cardápio essa opção, eles tinham purê de batata e eles prontamente fizeram. Nossa, na Bahia em nenhum dos restaurantes que eu estive eles fizeram esse mimo. A carne de sol é dos deuses, super macia e suculenta, até mesmo minha filha adorou. 
Os pratos servem até cinco pessoas com satisfação e muito bem servido.



Logo, na entrada, eles trazem uma bandeja de pastel quentinho de carne com geleia de pimenta para abrir o apetite. E o melhor de tudo é que são cortesia da casa. Amei! 

Que sabor!
Nós pedimos dois pratos, e erramos pois um prato era suficiente e pra completar podia pedir umas guarnições. Pois, vem muita carne. Mas, como eu fiquei com medo da pequenina não comer a carne de sol, resolvi pedir uma pescada amarela na brasa e umas guarnições. Gente...veio tanta comida! Dava pra umas 10 pessoas comerem!
1) Prato foi uma carne de sol de filé: É simplesmente uma delícia! Uma carne macia, suculenta e muito gostosa, acompanhada de farofa de carne seca, arroz branco, baião de dois, feijão, purê de mandioca, macaxeira e bananas a milanesa. 
Sem palavras!

2) Prato foi uma Pescada amarela na Brasa: acompanhada de arroz de cuxá, vinagrete e farofa. 
Eu adorei cada garfada, mas, devo confessar que a carne de sol e o arroz de cuxá fizeram a felicidade de meu estômago. Já saí daqui de Belém preparada pra comer arroz de cuxá e adorei seu sabor singular. 
Então, este restaurante é maravilhoso e quantas vezes eu for a São Luís, faço questão de passar por lá!
Outro diferencial, foi o atendimento, sempre tinha um garçom por perto pra saber se estávamos satisfeitos. E como estávamos...

Até o próximo prato!




Comentários

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, participe, você também faz o blog...

As receitas populares