Saberes & Sabores da Bolívia

De Puno nosso destino era La Paz na Bolívia, nossa amiga Nádia queria voltar a cidade de seus antepassados, então fomos felizes! A viagem era de ônibus, tivemos uma parada pra troca de ônibus e almoço na cidade de Copacabana, muito graciosa, paramos pra almoçar em um restaurante perto da parada, pois não queríamos perder o coletivo até La Paz, o restaurante chamado de "Colonial" tinha um serviço bem característico, como o tempo era pouco pedi apenas um sanduíche sem as verduras, pois ainda tenho medo de comer verduras cruas na rua (...) bem veio então o pão local bem gostosíssimo com a carne, o gostoso mesmo eram as batatas fritas que acompanhavam o prato e de bebida um coca-cola, aliás essa foi uma das poucas vezes que não tomei o refrigerante local Inka Cola, o qual virei fã. 
Vista Panorâmica da cidade de "La Paz" Bolívia

Nossa amiga Nádia desde o Peru falava nas salteñas Bolivianas mas, em nosso primeiro jantar em La Paz fomos a uma rede de lanchonete local chamada de "Dumbo", a qual é bem interessante tem como marca o Dumbo rosa, vende de saltenãs a pratos mais elaborados, sanduíches e doces variados, uma maravilha, como o local é bastante procurado não tinha mais as salteñas, as quais somente são servidas até as 16:00 horas, então pedi um "Filet mignon acompanhado de papas fritas, ensalada e aros". Tirando a ensalada que era crua o prato estava muito saboroso, o filé bem macio e o aros com um temperinho bem caseiro. Pra finalizar a noite, tomei uma mega banana split que estava uma delícia. No "Dumbo" tem muitas tortas doces e bolos que saem muito rapidamente, as pessoas vão comprar e levam em caixas próprias do local, não provei a torta pois fiquei na banana split. Nosso amigo Fernando que provou uma das tortas de morango não achou tão saborosa, o pão-de-ló não estava no ponto. Mais como há uma variedade dessas tortas, então somente é possível saber se tivesse degustado pelo menos umas cinco variedades. Fica pra próxima!
Passeio Prado La Paz

No dia 24 de fomos almoçar em um shopping Norte que fica próximo ao centro de cidade, em uma churrascaria, pedimos um "Lombo com batata", acredito que foi o pior pedido desta viagem o lombo estava muito duro, chegou um momento que fiquei com dor na mandíbula de tanto fazer força pra mastigar, meu Deus parecia uma aula de musculação para a boca! Quando a batata frita estava uma gordura só, era comer óleo puro! Mais os amigos que pediram uma pollo, um galeto aprovaram seu pedido. A degustação tem dessas coisas, nem sempre acertamos no pedido. 
O jantar neste dia foi no "Brosso", um concorrente do "Dumbo", o local bem alegre com bexigas e cadeiras coloridas um ambiente familiar. Neste dia eu pedi um sanduíche com papas fritas e Inka cola, foi um jantar saboroso!
Quanto as saltenãs... provei neste dia pela parte da manhã, elas são um comentário a parte, minha amiga estava certa, um boa saltenã é uma degustação a parte, em La Paz é comum as pessoas comerem suas saltenãs pelas 10:00 horas da manhã, nas Saltenãrias, lojas especializadas no produto. É como as tapiocarias aqui em Belém, lojas especializadas na venda de um produto regional, pois bem, fomos fazer um passeio pela cidade e encontramos uma Saltenãria, então fizemos um parada para enfim experimentar tal gostosura, pedi uma de frango e outra de carne e então voilá (...) Bem, realmente são deliciosas, a massa é uma mistura de salgado e doce, uma espécie de agridoce, bem sutil, recheadas com frango ou carne bem temperados. É muito bom, vale muito a pena devora-las. Elas me causam saudade gastronômica. 
No dia 25 fomos a um sítio arqueológico de Tiwanaku, uma maravilha, são ruínas de civilização antes da colonização, muito enriquecedor. Como ficava a umas duas horas da cidade, alugamos um carro com guia, e portanto, almoçamos em um restaurante que fica no povoado próximo ao sítio, um restaurante numa casa com uma decoração bem indígena e também de uma simplicidade bem reconfortada, eles atendiam em sua maioria os turistas que iam ver o sítio, foi um dos melhores almoços que tive na viagem, de entrada uns pãezinhos deliciosos, após veio uma sopa de quinoa que estava deliciosa, o prato principal podia ser truta com aros ou carne de lhama, bem como não tinha ainda provado da carne de lhama decidi experimentei e não me arrependi a carne de lhama estava deliciosa, é uma carne que lembra a carne de boi macia, a qual eu comi era feita de panela, uma maravilha, minha amiga que comeu a truta disse que foi a melhor truta que ela comeu, de fato, a truta que veio era bem rosada, lembrava muito a carne de salmão. De sobremesa veio uma espécie de 'curau' que temos aqui no Brasil feito de milho, estava saboroso. Este também era feito de milho.
Sítio Arqueológico de Tiwanaku.

Para finalizar nossa viagem gastronômica na Bolívia fomos a noite ao passeio Prado, uma das ruas mais agitadas e com excelentes restaurantes em La Paz, fomos jantar no "Marbella" uma espécie de café-restaurante bem aconchegado, onde comi uma deliciosa empanada, cunãpe e de prato principal uma "brochetta de  Illama", as empanadas muito consumidas no Peru e na Bolívia lembram um calzone recheado, o cuñape são como pães de queijo, muito populares no Peru e Bolívia, só que são feitos de milho com um interior úmido e recheado. Já a Brochetta de lhama estava deliciosa, os pedaços de carne eram acompanhados de pimentão, tomate e cebola assado. 
La Paz é uma cidade que encanta pela sua vista, pelo seu povo ao andar encontramos as "cholas" pelas ruas vendendo qualquer coisa ou simplesmente indo fazer suas tarefas diárias, a cidade encanta sobretudo pela sua tradicional comida. 
Deixando La Paz.




Comentários

  1. Oi Sidiana, mas uma vez "viajei" com seu texto... fiquei morrendo de vontade de provar essas comidas Bolivianas... tudo novo para mim... me deixou curiosa. Abraço da terra dos alpes

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, participe, você também faz o blog...

Postagens mais visitadas