Sabores de Arequipa

Todo turista vez por outra acaba se deparando com uma situação inacreditável, sempre que vamos a um país quando possível fazemos uma viagem de ônibus, na verdade acredito que você só conhece realmente um lugar quando vive um pouco da realidade das pessoas locais. Pois, bem a viagem de volta da Bolívia era de ônibus, aliás a forma mais rápida, já que de avião demorava mais por conta das paradas, pois bem no hotel informaram que era uma viagem boa, para turistas, acreditamos! No dia 26 de julho saímos de La Paz rumo a Arequipa no Peru às 08:00 horas da manhã, a viagem até a cidade de Juliaca foi tranqüila o problema foi na cidade de Juliaca onde tivemos nossa primeira parada, a qual demorou e o ônibus foi lotando o maior problema eram as inúmeras paradas, muitas delas apenas para as pessoas descerem e comprarem comida, geralmente aqui no Brasil nas viagens você leva um lanche um biscoito, chocolate, no Peru as pessoas levavam comida e nas paradas subiam as vendedoras vendendo comida frango, feijão, anticuchos (pedaços de carne marinada ou de miúdos) em sacolas plásticas, o cheiro de comida tomava conta do ônibus e pra piorar o motorista colocou a saga do Indiana Jones pra os viajantes verem, essa foi a pior parte todos os filmes do Indiana Jones, muitos que vi quando criança estavam passando um atrás do outro, num calor !  O senhor que estava atrás de mim entrou num ônibus com um frango assado inteiro e comeu feliz!  No Peru você encontra as "pollerias" são redes de lanchonetes que vendem frango assado e frito, uma espécie de fast food de frango. No ônibus as vendedoras paravam vendendo numa sacolinha feijão branco e frango já misturados e tinha muita saída. Existe uma variedade de feijões, uma maravilha são grandes e coloridos como o milho. 
A viagem de ônibus teve seus momentos bons as paisagens que de descortinavam eram maravilhosas e as pessoas com seus coloridos das roupas e o sorriso no rosto também completavam a paisagem. Ás 20:30 da noite chegamos em Arequipa, cidade  construída a sombra dos vulcões nevados de Misti, Chanchani e Pichu Pichu. Segundo a tradição a cidade foi fundada quando o quarto inca Mayata Cápac, acampou ali e alguns de seus soldados pediram permissão para ficar.  São visitas imperdíveis: o monastério de Santa Catalina uma verdadeira cidade fundado em 1580, a Catedral, a juanita (Donzela do Gelo), Plaza das Armas.
Arequipa Peru ao fundo o vulcão que cerca a cidade.
Plaza das Armas Arequipa


Foram poucos os dias de degustação em Arequipa, mas recomendo alguns lugares que destacaram-se pelos sabores, ao redor da Plaza das Armas você encontra várias sorveterias com sabores regionais como sorvete de Lúcuma (fruta regional), maní, maracuya ou ainda o queijo gelado que é bem gostoso, os sorvetes são divinos e os doces também. 
O restaurante "El Turko II" na calle San Francisco 315 tem pratos deliciosos provei a `berinjela com carne de cordeiro` que estava muito boaaaaa, e de sobremesa panqueca de "dulce de leche" recomendável também o restaurante "Arequipa Tradición Arequipeña" que faz pratos com sabores únicos e suculentos e pratos regionais como o 'adobe arequipeño' carne de porco marinada com chicha (cerveja de milho). Aliás a chicha é bem consumida nos restaurantes locais como suco, eu pensava que era suco de uva, doce ignorância já ia pedir uma jarra pra mim, quando na realidade era a chicha, que não provei fico devendo essa pra vocês!
No restaurante também tradicional "Arequipay" tive o prazer de degustar um frango empanado com maiz delicioso e papas fritas, a única coisa triste foi que esqueci três revistas de culinária Peruana que havia comprado (...) Perdas de viagens!
Existe um rede de massas chamadas de "Presto" em Arequipa, fomos experimentar e devo confessar que o prato que pedi não estavam muito bom, mas degustável, primeiro porque pedi um "fettuccine com alpaca" e como havia acabado o fettuccine trouxeram spaghetti e tinha muito molho, enfim não foi 'o jantar', mas o pãozinho que era servido de entrada quentinho...uh,uh uma maravilha.
No último dia na cidade fomos almoçar no restaurante "Tinta e Assado Parrilla", o lugar refinado e elegante com uma comidinha bem gostosinha, as entradas deliciosas com vários tipos de cremes num pão bem crocante hummmmm! Pedimos um churrasco pra dois que estavam muito bom, bem servido, carnes saborosas a calabresa local, inclusive a preta bem diferente, acompanhados de papas fritas e arroz uma delícia. Vale a pena ir!
Para terminar meu passeio gastronômico em Arequipa fomos ao "Da Vinci" uma espécie de café onde saboreei uma empanada de frango com chocolate e pra finalizar uma torta de chocolate um lanchinho bem gostoso.   
Um dica em várias cidades do Peru nas ruas existe a venda de um pipoca, feita com milho local que lembra aquelas pipoquinhas doces aqui do Brasil, só que bem mais saborosas, eu não gosto de comer nas ruas, mais não pude resistir aquelas pipocas deliciosas, o milho do Peru de um sabor diferente, eu também comprei maíz frita já industrializada para trazer ao Brasil, são umas espigas de milho bem grande e frita é uma maravilha, eles vendem em latinhas tipo a nossa castanha de cajú ou em pacotinhos, trouxe na bagagem, é uma pena que não podemos trazer as espigas para plantar, porque é proibido por conta da agricultura, por isso só podemos trazer produtos industrializados. Ah! Trouxe também as galletas recheadas (biscoitos recheados) que adoreiii, são deliciosos e de uma variedade. A vontade e não parar de comer (...) o problema são os quilinhos a mais!.
Viajar é um prazer único e degustar novos sabores torna-se um momento perfeito.
Convento de Santa Catalina & Peatonal (Rua de Pedestres) de Arequipa nela você encontra lanchonetes, restaurantes e lojas.


Comentários

Postagens mais visitadas