Enfim, última postagem do Jantar Português Oitocentista: Final!

Olá, leitores!
Como todo bom jantar, terminamos com a sobremesa: Pudim Madre de Bento e Bolo de Amêndoas. O bolo fez mais sucesso. Talvez porque o pudim é bem diferente do qual estamos acostumados a comer. Tem um paladar mais salgado. O Fernando disse que talvez esse pudim mais doce é resultado de nossos tempos. Bem, pelo que observo de meus estudos, de fato, os pudins eram mais "salgados", aliás, a receita de manjar branco do século XIX é feito com frango. Os pudins também eram feitos com frango e outros, o que nos remete a uma torta hoje em dia.
Vamos as receitas: 

Pudim da Madre Bento:
In: Tratado Completo de Cozinha e Copa. Carlos Bento da Maia. Lisboa. Publicações Dom Quixote. p. 589.

Ingredientes:
8 ovos.
250 g de manteiga.
250 g de farinha de arroz.
q.b de manteiga para untar.
q. b de farinha de arroz para untar.

Modo de Fazer:
Bata bem a manteiga até ela ficar esbranquiçada, junte as gemas, junte a farinha de arroz e o açúcar aos poucos, por último acrescente as claras em neve. Coloque numa forma de pudim e leve a cozer  cerca de 1 hora e meia. Após colocar na geladeira.


Bolo de Avelãs:
In: Tratado Completo de Cozinha e Copa. Carlos Bento da Maia. Lisboa. Publicações Dom Quixote. p. 474.

Ingredientes:
90 g de avelã.
200 g de açúcar.
6 ovos.
80 g de trigo.

Modo de Preparo: 
Mistura-se as gemas dos ovos com o açúcar ( até ficarem ligadas), junta-se a farinha aos poucos mexendo sempre, após deita-se as avelãs trituradas e, por último as claras batidas em neve. Coloca-se numa forma untada e polvilhada com farinha em forno médio por cerca de 45 minutos ou até enfiar um palito e sair limpo. Esse foi um sucesso!




Comentários

Postagens mais visitadas