Pular para o conteúdo principal

Destaques

Bolo de Macaxeira

Quem não ama um bolo? E quando este bolo tem gostinho de mês junino?  A receita de hoje é sobre o bolo de macaxeira, tão famoso no Norte de Brasil, que é tema de contos e e das conversas ao pé da porta nas tardes quentes do século XIX.  O bolo de Macaxeira, que inclusive virou tema de um conto do escritor Jacques Flores. Coo não lembrar do conto intitulado O Bolo de NATAL da Família Malagueta? Ora, aqui a cena principal era um bolo de macaxeira feito pelas personagens Tereza Malagueta, a Tete, e sua prima Felismina do Rosário, a Filóca, que haviam feito um bolo de macaxeira para o Natal da família e seu aborrecimento ao notarem que o bolo "estava com gosto de querosene".¹ Pior ficaram quando notaram que a culpa de tudo era de Pulchéria que "lixara a forma de bolo e, para melhor ficar a limpeza, untou-a de querosene, esuqecendo-se porém, de tirar o inflamável líquido com uma forte lavagem de sabão".² As primas então, resolveram convidar as "inimigas"para …

Bahia de Todos os santos: Parte II.

Olá, leitores!
Eu fiquei apenas quatro dias na Bahia, mais foram dias maravilhosos! Numa das noites resolvemos sair pra passear e jantar, fomos ao Salvador Shopping, uma área imensa de lojas e locais de lazer, que fazem adultos e crianças divertirem-se. Eu amei! Após passearmos chegamos a um restaurante intitulado Terra Brasil, como lá tinha prato infantil e cadeira para pequenos resolvemos experimentar e a comida estava bem saborosa, o ponto negativo foi que a comida demorou cerca de umas duas horas para ser servida, quando saímos o shopping já estava fechando e eu não pude nem comprar nada...eu havia me apaixonado por uma loja de sapatos no térreo e por conta do demorado da comida fiquei sem meus sapatos! 
Mas, a comida veio gostosa, foi feita na hora, o arroz da minha filha veio bem quentinho. Para ela nós pedimos um frango grelhado com arroz. E para nós pedimos camarão grelhado com batatas cozidas e arroz. A batata cozida foi praticamente da minha filha que adora uma potato. Eu recomendo! Apenas vá com paciência para o fato da comida demorar a chegar!!!Talvez tenha demorado muito porque estávamos em família e cada um fez um pedido diferente. 
Agora verdade seja dita: a comida estava bem saborosa e o atendimento também foi muito bom!
Já que o jantar foi leve, fechei a noite com uma gordelícia, que valeu cada caloria: uma sorvete da sorveteria italiana Freddíssimo! Sem palavras...
Eu sou uma sorvelatra...Eu tenho uma lembrança gustativa que vez por outra me vêem em mente: Quando fui a Barcelona, na Ramblas, eu tomei um sorvete de mandarina, que estava formidável. Jamais esqueci do gosto. Eu não lembro o nome da sorveteria, sei que ficava ali na Ramblas. Nunca esqueci daquele helado. Talvez se eu tomasse de novo, ele não tivesse o mesmo gosto. A memória gustativa é assim...nós prega peças...sempre ligamos um prato a uma felicidade e por isso alguns pratos são tão marcantes.
Pois, bem o sorvete de Cioccolato, estava um sonho. Foi um dos melhores que já provei. Os pedacinhos de biscoito e chocolate estavam deliciosos! Se tivesse uma Freddíssimo em minha cidade, vocês podem contar que todos os dias eu tomava um sorvete, mais muito feliz!
Aqui está para vocês verem a tentação!
Para não cansa-los, deixarei os outros comentários para o último post. Não menos importante!
Até o próximo prato!









Comentários

As receitas populares